8/09/2013

CONVERSA COM JORNALISTAS: Desembargador proíbe juiz preso de usar celular.

 Do Conjur

O desembargador Joás de Brito Pereira, do Tribunal de Justiça da Paraíba, determinou que o juiz José Edvaldo Albuquerque de Lima seja proibido de usar o celular enquanto estiver preso. Lima foi detido em abril, durante operação da Polícia Federal que o citou como responsável por esquema de venda de multas judiciais a advogados. As informações são do portal G1.
Ele teria usado o celular para conversar com jornalistas no começo da semana, admitindo inclusive que estava cometendo ato ilegal. A justificativa seria a realização de prática semelhante por bandidos presos em penitenciárias da Paraíba. Uma busca feita em sua cela no Centro de Ensino da Polícia Militar não localizou o aparelho.
No último fim de semana, Lima iniciou greve de fome para que seja feita correição do Conselho Nacional de Justiça contra ele. Como passou mal, ele foi internado na quarta-feira (7/8) no Hospital Samaritano, em João Pessoal, com quadro de pressão alta e baixa taxa de açúcar no sangue. Segundo o hospital, seu estado de saúde é estável.