4/29/2014

85% das UTIs são ocupadas por vítimas de acidentes de trânsito no Maranhão

Palestras de “Educação para o Trânsito” são realizadas nas escolas municipais de Imperatriz.

A maioria das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) no Estado do Maranhão é ocupada por vítimas de acidentes de trânsito, observa o secretário municipal de Trânsito e Transportes de Imperatriz (Setran), José Ribamar Alves Soares, o cabo J. Ribamar.

Segundo ele, os dados foram repassados pelo secretário de Estado da Segurança do Maranhão, Ricardo Murad, que também acumula a pasta da Saúde. “No país, o registro é de 45 mil mortes/ano de pessoas vítimas de acidente de trânsito, sendo que meio milhão de pessoas sofrem acidentes e ficam lesionadas”, alerta.

O secretário ressalta que “os dados estatísticos não apresentam os problemas psicológicos causados por quem sofre algum tipo de acidente de trânsito, principalmente os casos que registram vítimas fatais”. “Essa pessoa fica com trauma por resto da vida, deixando de ser uma pessoa comum, não tendo mais a mesma estrutura psicológica, problema que considerados muito sério”, frisa.
Em Imperatriz, o cabo J. Ribamar conta que nestes últimos cinco anos o Município registrou aumento da frota de veículos em mais de 150%, passando, em 2009, de 55 mil veículos para 115 mil automóveis registrados até 2013.

Além disso, ele assinala que existe uma frota flutuante de veículos oriunda de municípios circunvizinhos dos estados do Maranhão, Tocantins e Pará que chega a 15 mil carros. “Tenho participado de debates em nível nacional, onde percebemos que esse quadro é verificado nas cidades de médio e grande porte de todo país”, reitera.

Em 2011, o secretário disse que foram registrados mais de 3.600 acidentes em Imperatriz, sendo reduzido no ano passado para 3.400. Já em 2013, a redução do número de acidentes chegou a 14,03%. “Temos desenvolvido um trabalho de parceria com a mídia, a indústria da Suzano, a efetivação de mais 30 agentes de trânsito e o apoio da sociedade com ações educativas nas escolas visando a prevenção de acidentes”, disse.


J. Ribamar anuncia que a meta desse ano do projeto de “Educação para o Trânsito” é chegar a pelo menos 50 escolas municipais em Imperatriz, atualmente 12 instituições de ensino estão sendo beneficiadas com o programa. “Nós dispomos de instrutores especializados na área de trânsito, cujo projeto é desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed)”, finalizou. [Gil Carvalho – Ascom]