4/14/2014

Hamilton Miranda visita matadouro e registra as melhorias implementadas pela gestão municipal.


O prefeito em exercício esteve acompanhado de secretários e vereadores.
            “Não tem como não se impressionar com as mudanças aqui verificadas após os investimentos da gestão municipal e com a dedicação dos servidores independente do cargo que ocupam”. A afirmação é do prefeito em exercício, Hamilton Miranda, ao visitar no último sábado as dependências do matadouro municipal, localizado na Estrada do Arroz.
           
Em 2009, quando o prefeito Sebastião Madeira, recém empossado visitou o matadouro público de Imperatriz saiu estarrecido com o que viu: a sujeira, que atraía insetos e urubus, a falta de água, a maneira perversa como os animais eram abatidos, a ausência de instrumentos modernos e higiênicos, entre outras discrepâncias.

            Ao deixar o local, Sebastião Madeira saiu com a idéia fixa de transformar aquele lugar, tornando-o mais humanizado, higiênico, de acordo com as exigências dos órgãos que fiscalizam a produção e distribuição de produtos alimentícios, a exemplo da carne bovina. Desde então as mudanças começaram a ser efetuadas.

            Para tanto o gestor municipal ampliou as instalações, tornando-as mais higiênicas e confortáveis aos trabalhadores; aumentou consideravelmente a capacidade dos dois reservatórios que tinham apenas 30 mil, para 180 mil litros de água atendendo a demanda 
necessária para que se possa manter todos os setores em absoluta condição de higiene.


            O abatimento dos animais, antes feito a golpes de machado, foi substituído por modernas pistolas pneumáticas. O tratamento das vísceras dos animais, que era feito a céu aberto, sem nenhuma condição de higiene, agora conta com uma caldeira que produz calor necessário para higienização e qualidade dos produtos.

            De acordo com o administrador Antonio Luis Filgueira Melo, a caldeira é de suma importância para a devida e necessária higienização das vísceras dos animais. “Além dos mais as novas instalações contam agora com uma graxaria que trata todos os resíduos não comestíveis que antes eram atirado nos lixões e aproveitado pelos urubus”, observa.

            Atualmente, o frigorífico, na visão do prefeito interino, Hamilton Miranda, conta com os serviços de dezenas de servidores, entre estes, dois veterinários, com cinco auxiliares, os quais coordenam o controle sanitário dos animais abatidos, para que toda a produção receba a garantia de qualidade.

            “A carne que sai do abatedouro é a mesma qualidade da que sai do frigorífico”, garante o administrador do matadouro municipal, José Jales, o Carrapicho. Ele agradeceu o apoio que tem recebido do prefeito Sebastião Madeira, ressaltando que todos os investimentos feitos pela prefeitura foram no sentido de propiciar uma boa alimentação à população.

             O prefeito em exercício, Hamilton Miranda, esteve acompanhado do secretário municipal de Agricultura, José Fernandes Dantas; do assessor-chefe de Comunicação da Prefeitura, jornalista Élson Araujo e dos vereadores Terezinha Soares, Fidélis Uchôa, Richard Wagner e Antonio Fernandes de Oliveira, o Antonio José.
            A propósito, Antonio José disse que, como fiscal das ações do Poder Executivo não pode deixar de tecer elogios à administração do prefeito Madeira no que diz respeito às melhorias do matadouro municipal. “Para tanto, na sessão ordinária da próxima terça-feira (15) vou SAR a tribuna para compartilhar com os colegas tudo que vi por aqui”, disse o vereador.

            Por sua vez, o prefeito interino Hamilton Miranda afirmou que, quando retornar à Casa Legislativa vai apresentar um projeto de lei mudando a denominação de matadouro. “Isso aqui é um verdadeiro frigorífico. Saio impressionado com as mudanças propiciadas pelos investimentos e com a dedicação dos servidores”, concluiu. (Domingos Cezar/ASCOM).