4/28/2014

Proprietários de imóveis já podem realizar o pagamento do IPTU 2014


Serão oferecidas duas formas de pagamento: Cota única com desconto de 20% ou parcelamento em seis vezes com desconto de 10% para pagamento dentro do prazo.

Os contribuintes que ainda não receberam nas residências os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) podem ir até a Receita Municipal ou acessar o site da Prefeitura de Imperatriz para imprimir os boletos. As formas de pagamento podem ser realizadas em cota única com desconto de 20% ou parcelamento em seis vezes com desconto de 10%. Os boletos poderão ser pagos em toda a rede bancária e também nas casas lotéricas.

 Este ano, nem todos os contribuintes receberam os boletos do IPTU nas residências. O secretário Liberato Rodrigues esclarece que o atraso na entrega dos boletos ocorreu devido problemas com gráfica responsável pela confecção dos Carnês. Entretanto, afirma que as providências já foram tomadas para normalizar as entrega e garante e que os proprietários de imóveis não serão prejudicados. Mediante a isso o secretário recomenda a todos os contribuintes que ainda não tenham recebido os carnês, se dirijam até a Receita Municipal para imprimir o boleto e garantir o pagamento do imposto.

Sobre as formas de pagamento, Liberato ressalta que os contribuintes vão obter as seguintes flexibilidades: na cota única, que consiste em pagamento total dos débitos, o desconto será de 20%. E parcelado em 06 vezes, pagos dentro prazo garante 10%, todavia se houver atraso o desconto não é disponibilizado.

Em 2013 o município arrecadou quase R$ 6 milhões. A previsão para 2014 supera as arrecadações anteriores, está previsto cerca de R$ 7 milhões. Liberato afirma que desde o início da gestão, a arrecadação do IPTU de aumentado significativamente. E de acordo com ele, a verba arrecada é direcionada para investimentos em saneamento básico, saúde entre outras necessidades do Município.

“Cerca de 20% do valor total arrecadado é direcionado para a Secretária de Saúde. Esse dinheiro é investido em ações para melhorar a prestação de serviços para a população entre outras necessidades do município”. 

Sobre o imposto - O IPTU é um tributo que de acordo com Código Tributário do Município, deve ser pago anualmente, e para os casos de descumprimento tanto de pessoa física como jurídica a Prefeitura pode realizar cobrança judicial e incluir o registo no cadastro de Dívida Ativa do Município.

Para o comerciante João Paulo, que há 20 mora em Imperatriz e paga o IPTU dos imóveis que possui na cidade, o imposto é relevante para que sejam realizadas obras que garantam melhor qualidade de vida para a população, além de melhorar esteticamente as ruas. “Vejo o resultado na iluminação pública, nas drenagens feitas pela cidade. Pagar esse imposto é responsabilidade de todos nós que desejamos ter uma cidade melhor”.

Eva Fernandes - ASCOM