9/23/2014

O maranhão perde Lula Almeida. O advogado foi vítima de morte súbita por embolia pulmonar, ontem no começo da noite em Imperatriz.

Imperatriz  foi  surpreendida  no início  da noite desta terça-feira pela notícia da morte do politico, do professor, do advogado,  empreendedor e  José Raimundo Silva de Almeida, o secretário municipal de governo e projetos estratégicos  do Governo Madeira, cujo projeto político ajudou a gestar ainda no final dos anos 1980.

Lula Almeida, que era casado e deixa quatro filhos, estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Mônica havia pelo menos 45 dias. Deu entrada naquela casa de saúde com uma pneumonia bacteriana.  Transplantado renal, e consequentemente portador de baixa imunidade o quadro se agravou e ele foi parar na UTI.

A Surpresa de sua morte reside ao fato, de segundo os médicos,  ele nos últimos dias ter apresentado um quadro de melhoras.  Tinha saído do coma,  reagido ao tratamento, já conversava com os familiares  e ontem, dia do  falecimento, iria receber alta da UTI.
O médico Bene André Camacho,  um dos profissionais de saúde que o assistia desde o inicio informou que Lula Almeida foi declarado morto  às 19h10  vitima do que a medicina chama  de morte súbita provocada por uma embolia pulmonar.  “Ainda passamos uma hora tentando reanimá-lo” informou o médico.

“Lula Almeida morre, mas deixa um grande legado na vida politica, jurídica e educacional. Perdemos mais do que um membro do governo. Perdemos um amigo de todas as horas. Perdemos um irmão” lamentou o prefeito Madeira que mantinha uma relação de amizade e politica com Lula desde o final dos anos 1980 quando junto com ele, egresso do Partido Comunista do Brasil, ajudou a fundar o PSDB.

“O Lula ajudou a formatar ao longo dos anos o projeto do PSDB de governar Imperatriz” diz o prefeito Madeira, ressaltando que Imperatriz perde e chora um dos seus mais  ilustre filhos adotivos” completa Sebastião Madeira.

TRAJETÓRIA


Lula Almeida era baiano de Itororó.  Técnico agrícola chegou a Imperatriz como funcionário  público federal.   Prestou serviço ao IBAMA e depois à EMATER.  Sempre comunicativo e bem relacionado tempos depois começou a ministrar aula em importantes escolas da cidade, como   no antigo Amaral Raposo e  Santa Teresinha,  com grande destaque.
Sempre soube conjugar o magistério, atividade que dizia amar,  à atividade politica  partidária iniciada aos 15 anos, na Bahia.

Estudioso, Lula Almeida  fez o Curso de História da UEMA e Direito no  Campus II da Universidade Federal do Maranhão- UFMA. Nesse interstício começou a exercitar, como o apoio da irmã, a advogado Joane Almeida,  o lado empreendedor fundando  o Cursinho Pré-vestibular Êxito, o embrião da hoje UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO, uma das mais respeitadas instituições de ensino superior da região.

Foi na atividade política que Lula Almeida ganhou maior projeção.  Além do PC do B, foi filiado ao PSB até a ajudar a fundar o PSDB com o hoje prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira e  o advogado Agostinho Noleto.  No PSDB pode exercitar o que mais sabia fazer: articulação política.

Almeida foi candidato a vereador e a deputado.  Como suplente foi vereador por um mês , e por igual período,  assumiu uma vaga na Assembleia Legislativa.

A militância politica o levou a ser secretário de Estado  de Ação Social, no Governo José Reinaldo.

Com a eleição de Madeira para prefeito de Imperatriz foi nomeado, inicialmente,  secretário  municipal de Administração e Modernização e mais tarde secretário de governo e projetos estratégicos.


O corpo de  Lula Almeida, que era membro da Loja Maçônica Dom Pedro I número 13,  é velado neste momento na capela da Igreja Matriz de Santa Tereza, onde se avoluma um grande número de amigos, ex-alunos, correligionários e admiradores.