11/14/2014

INVESTIMENTO: Novas viaturas e corredor de ônibus entram em operação neste mês em Imperatriz


O objetivo é dinamizar o trabalho de fiscalização; corredor
facilitará o acesso dos ônibus coletivos.


Doadas pelo Ministério Público do Maranhão, duas novas viaturas, modelo caminhonete S-10, devem ser entregues ainda neste mês pelo prefeito Sebastião Madeira à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran). Os novos veículos serão utilizados pelos agentes de trânsito no serviço de orientação e fiscalização no trânsito em Imperatriz, cidade que possui a segunda maior frota de veículos do Maranhão.

O secretário de Trânsito, José Ribamar Alves Soares, o cabo J. Ribamar, destacou ontem, durante entrevista à reportagem, os investimentos realizados pelo município na gestão Madeira para reforçar o trabalho de fiscalização de trânsito nas vias de Imperatriz. “Foram efetivados 30 novos agentes, aquisição de três viaturas, modelo Pálio; reforço da sinalização; instalação de novos semáforos e a aquisiçãode quatro novas motocicletas e criado o GrupoTático de Trânsito- GTT”, da Setran.

Ele observa que “nesta época do ano a cidade começa a receber um grande fluxo de veículos, inclusive de vários outros estados da federação em virtude da aproximação das festas de final de ano: Natal e Reveillon”. “Toda nossa equipe está preparada para atuar na organização do trânsito, principalmente na área do setor comercial evitando o estacionamento de veículos em fila dupla”, disse.

 Corredor de ônibus


O cabo J. Ribamar anunciou que consta no planejamento da Setran a implantação, ainda nesta segunda quinzena desse mês, o corredor exclusivo de ônibus coletivo. “A idéia é disciplinar uma faixa de estacionamento (lado direito) na rua Luís Domingues, pois percebemos que o maior problema é que o estacionamento nesses dois lados prejudica os ônibus, causa engarrafamento e transtornos ao trânsito”, disse.


Segundo ele, o objetivo do corredor de ônibus é garantir mobilidade urbana, devendo ser implantado ainda no final desse mês em Imperatriz. [Gil Carvalho – ASCOM]