1/09/2015

CARNAVAL 2015: Inscrições para Concurso de Marchinhas Carnavalescas já estão abertas na FCI


O festival acontecerá durante o período do carnaval na Praça da Cultura.

            As pessoas interessadas em participar de mais uma edição do Concurso de marchinha Carnavalesca realizado anualmente pela Fundação Cultural de Imperatriz – FCI devem procurar a sede do órgão, situado na Rua Simplício Moreira, na confluência com Rua Gonçalves Dias, Centro, no horário das 13h00 às 18h00 para fazer suas inscrições.

            A informação foi prestada pelo cantor/compositor Zeca Tocantins, coordenador de Cultura da FCI e coordenador do festival, que durante o período momesco tem sido uma das principais atrações do carnaval de rua de Imperatriz. O festival de marchinhas carnavalescas vem sendo realizado todos os anos na Praça da Cultura.

            De acordo com o presidente da Fundação Cultural de Imperatriz, Antonio Mariano de Lucena Filho, a realização do concurso de marchinha vem resgatar a tradição dos antigos carnavais. “É o carnaval da alegria, da pureza, onde as famílias, jovens, crianças e adultos, participam de maneira festiva cantando e dançando na rua”, diz Lucena Filho.

            Ele afirma, ainda, que a grande prova desse carnaval ingênuo e belo é a participação das famílias no corredor da folia que inicia na Praça Mané Garrincha e se estende até a Praça da Cultura, onde se realiza o festival. “Você não ver uma briga, uma confusão, apesar da grande participação popular”, observa o presidente da Fundação Cultural.

            Zeca Tocantins informa que as inscrições são gratuitas e que logo que as mesmas se encerrem será feita a triagem com as melhores músicas que concorrerão ao festival. De acordo ainda com o coordenador, após a triagem começa então a fase dos ensaios com a banda escolhida pela Fundação Cultural para acompanhar os concorrentes.

            O coordenador observa, ainda, que cantores e compositores de outros municípios também podem fazer suas inscrições e participar do concurso que é livre. “A propósito, o concurso de marchinhas carnavalescas tem sido o grande encontro entre músicos, cantores, compositores e o público que tem prestigiado”, afirmou Zeca.


De acordo com o regulamento do concurso, cada compositor pode inscrever até duas músicas de sua autoria, mas que ele só pode defender uma delas. “O intérprete só pode defender uma marchinha”, explica Zeca Tocantins, ressaltando que as inscrições se encerram no início da próxima semana, não havendo possibilidade de prorrogação do período. (Domingos Cezar/ASCOM)