2/19/2015

Secretário de Educação aponta avanços na qualidade do ensino oferecido em creches de Imperatriz


Por Luana Barros

Dentro da rede municipal de ensino de Imperatriz, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), as crianças de 0 à 3 anos são atendidas em 33 creches (30 na zona urbana e 03 na zona rural) com um quadro de 538 professores da Educação Infantil e 162 auxiliares de magistério.
Zesiel Ribeiro, secretário municipal de educação, explica em que se estrutura o ensino ofertado na rede de creches. “De acordo com o Regimento Escolar dos Estabelecimentos do Sistema Municipal de Ensino de Imperatriz; a Educação Infantil (até cinco anos) compreendida como a primeira etapa da Educação Básica tem como finalidade o desenvolvimento integral, nos aspectos físico, psicológico, intelectual e social”.
Lana Zuza, coordenadora do Setor de Educação Infantil da SEMED, enumera ações desenvolvidas nas creches. “As creches e sua equipe técnica e pedagógica recebem ações de nossa equipe como: Assessoria Pedagógica, Formação Continuada com Professores, Escola de Pais, entrega de material didático e brinquedos; realização de congressos, seminários e workshops”.
Lana explicou ainda que o município de Imperatriz contava até 2009 com apenas 28 creches. Percebendo a necessidade de reconhecer a importância, quanto ampliação e sistematização da Educação Infantil, a SEMED ampliou o número de creches da rede municipal. 

Pró-infância
Em Imperatriz, há unidades escolares em construção para atendimento de Educação Infantil, modelo Pró-Infância, em andamento nos bairros: Santa Inês, Vila Mariana, Senharol, Vilinha (Parque Avenida) e Cafeteira; e ainda as unidades Pró-Infância de metodologias inovadoras nos bairros: Recanto Universitário, Itamar Guará e Bom Jesus (Residencial Dom Afonso Felipe Gregory).

As escolas são construídas no padrão do Ministério da Educação com os seguintes ambientes: salas de aula, sala de informática, bibliotecas, sanitários, fraldários, recreio coberto, parque, refeitório, diretoria, cozinha, entre outros ambientes, que permitem a realização de atividades pedagógicas, recreativas, esportivas e de alimentação, além das administrativas e de serviço. Além de aulas e ações pedagógicas, são realizados os projetos: Adaptação, Cantos de Aprendizagem, Devocional, dentre outros. [Luana Barros- ASCOM]