11/03/2015

Agenda Ambiental e Selo Verde são adotados em órgãos de Imperatriz


A meta é disseminar a conscientização ambiental e o armazenamento adequado de resíduos sólidos

Publicado no Diário Oficial da União [página 123 – seção 3] o extrato do termo de adesão celebrado entre a União, por intermédio do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o município de Imperatriz. A informação foi prestada à reportagem pelo secretário municipal de Administração e Modernização (Seamo), Iramar Cândido Lima.

Ele explica que o termo tem a finalidade de integrar esforços para desenvolver projetos destinados à implementação do Programa Agenda Ambiental na Administração Pública, a conhecida A3P. “O objetivo é promover a conscientização de uma cultura anti-desperdício e a utilização coerente dos recursos naturais e dos bens públicos”, frisa.

O secretário Executivo do Ministério do Meio Ambiente, Francisco Gaetani, lembra que o termo vigorará pelo prazo de cinco anos, a partir da data de assinatura [29/09/2015] formulada pelo prefeito Sebastião Madeira.

Iramar Cândido assinala que a meta é implantar a Agenda Ambiental nas repartições pública do município, projeto desenvolvido em parceria com o Conselho Municipal do Meio Ambiente (Commam). “A certificação do Selo Verde a Imperatriz é um reconhecimento do Ministério do Meio Ambiente, resultado das práticas propositivas”, frisa.

Segundo ele, o município de Imperatriz é pioneiro em todo estado no efetivo combate ao desperdício de energia elétrica e de água potável, recurso que muitas pessoas achavam que nunca iria acabar, mas que agora o país enfrenta grave crise hídrica.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL – O secretário enfatiza também a implantação da política de educação ambiental visando despertar a conscientização da comunidade imperatrizense e o recolhimento adequado de resíduos sólidos destinados a reciclagem.


“Debatemos sobre ‘Licitação Sustentável’, inclusive o município trouxe um palestrante da Controladoria Geral da União (CGU) para capacitar os servidores que trabalham nos órgãos das secretarias municipais que realizam licitações em Imperatriz”, finalizou. [Gil Carvalho – ASCOM]