5/10/2016

ALERTA: Praias do Cacau e do Meio estão aparecendo e recebendo dezenas de banhistas


Como os locais ainda não receberam suas estruturas, a Defesa Civil municipal está preocupada com a segurança dos banhistas

     A cada ano que se passa, pescadores e ribeirinhos, possuidores de um conhecimento empírico invejável, notam que o rio Tocantins já não é mais o mesmo de antigamente. Ele perde sua capacidade de força em função das inúmeras praias que se formam em função da derrubada das matas ciliares, tão comum em nossa região.
  
   Este ano outra mudança radical foi verificada. Em pleno mês de abril, quando as chuvas ainda caem na região e quando o leito do rio ainda está tomado por uma grande quantidade de água, isso não aconteceu e as praias começaram a aparecer, a exemplo das praias do Cacau e do Meio, do lado do Maranhão, e as praias da Belinha e do Amor, no lado tocantino.

     Desta forma, dezenas de pessoas já procuram essas praias para se divertirem mesmo elas não tendo a estrutura de segurança que é instalada pela Prefeitura de Imperatriz, por intermédio da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil, em parceria com outras secretarias do governo municipal como SEPLUMA, SEMUS, SINFRA, SETRAN, SEDES, entre outras.

     Em face a essa procura de banhistas nos balneários do rio Tocantins, a saber praias do Meio e Cacau, a Superintendência de Proteção e Defesa Civil, está se preocupando com a segurança dessas pessoas. Para o superintendente de Defesa Civil Francisco das Chagas Silva, Chico do Planalto os banhistas correm risco, principalmente quando não sabem nadar ou ingerem bebidas alcoólicas.

     De acordo com Chico do Planalto, o aparecimento das praias tão cedo surpreendeu até mesmo o órgão, que sempre mantém contato com técnicos do CESTE – Consórcio Estreito Energia, que mantém sua hidrelétrica na cidade de Estreito. Ele aconselha que as pessoas que não sabem nadar banhem em lugar seguro e que evitem o uso excessivo de bebidas alcoólicas.


Domingos Cezar [ASCOM]