6/23/2016

Pelo fim do camelódromo. Por um novo Centro de Compras moderno com espaço para o comércio e as artes


O que é hoje.....
Há muito que “o camelódromo” , criado pelo então prefeito Davi Alves como alternativa de espaço comercial para os ambulantes da Getúlio Vargas, perdeu a razão de existir. O local com o passar dos anos se tornou insalubre,  além de “enfeiar” a região central da cidade.  O atual prefeito Madeira ainda tentou conseguir recursos para transformar o lugar numa espécie de shopping popular com um projeto arquitetônico arrojado, mas não conseguiu, sendo portanto um desafio  para o próximo prefeito.

O que poderá ser amanhã 
Como cidadão,  me filio àqueles que querem que aquela área , continue sendo comercial, mas não no modelo de hoje.  A ideia é  a de que se  construa  ali um centro comercial com linhas arquitetônicas modernas que além de abrigar os pequenos comerciantes tenha  um espaço cultural para  apresentações artísticas populares e exposição de artesanatos e da arte produzida em na cidade e na região.

Com a implementação da parte do  ICMS- Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviço- que caberá a Imperatriz a partir  do ano que vem, com o apoio do Governo do Estado,  quem sabe o próximo prefeito realize esse sonho da cidade. FICA A DICA.,

O cinegrafista Genuino Neto captou o sentido da coisa e ilustrou pra nós como seria esse centro de compras.