8/25/2016

Em Imperatriz, Governo acelera as obras de ampliação do Distrito Industrial que receberá R$ 41 milhões em investimentos privados


A região Tocantina vai ganhar em breve mais um vetor de fomento aos negócios. As obras de ampliação do Distrito Industrial de Imperatriz estão em estágio avançado. Nesta terça-feira (23), o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, realizou uma vistoria no local.

Vinte empresas estão em processo de implantação neste novo modelo de infraestrutura, que contempla centro administrativo, estacionamento para veículos de grande porte, portaria com controle de acesso, auditórios, e vias asfaltadas. Calcula-se que sejam investidos R$ 41 milhões, recursos oriundos de empreendimentos que estão se instalando no Distrito, além da geração de 2.355 empregos diretos.

Coordenada pela Secretaria de Estado de Indústria e Comércio (Seinc), esta nova configuração dos distritos industriais é uma estratégia que contribui para o desenvolvimento do estado, voltado para as demandas de mercado e às potencialidades de cada região.

A obra estava sendo realizada de forma irregular no governo anterior. Após vistorias e análises nos contratos, foi constado que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não havia liberado recursos para construção, tendo em vista que licenças, outorgas de poços e o licenciamento do projeto da estação de tratamento não foram apresentados a instituição bancária.

Coube à atual gestão da Seinc realizar a regularização de todos os procedimentos para que a obra prosseguisse. Após a liberação dos recursos, os trabalhos tiveram continuidade em outubro de 2015.

Com uma localização estratégica, as margens da BR-010, além de contar com um modal de transportes que inclui a Rodovia Belém-Brasília e as ferrovias Norte-Sul e Carajás, atualmente o Distrito abriga empresa de diversos ramos. Com a ampliação, haverá um impulso na economia de todo o estado.

“As obras em Imperatriz estão bem avançadas. Em outubro, estaremos entregando mais um resultado de um trabalho do Governo Flávio Dino, que contribuirá na prospecção de investimentos, geração de emprego e renda, o que certamente terá um impacto positivo na economia do Estado”, ponderou o gestor da Seinc, Simplício Araújo.

Aquisição de lotes

Assim como Imperatriz, há outras cidades do estado que possuem distritos e parques empresariais, como Timon, São Luís e Caxias. Locais com oportunidades subsidiadas pelo governo do Estado. A venda de lotes industriais é feita por meio do preenchimento de carta consulta, cujo critério será o que melhor atender aos objetivos de desenvolvimento do Maranhão. O procedimento é válido tanto para aquisição de lotes em distritos industriais quanto para em condomínios empresariais, de acordo com a necessidade do investidor.

O empresário interessado em investir no Maranhão pode receber orientação técnica da Seinc, de acordo com sua demanda ou tipo de negócio. Empresas que desejam implantar, expandir, readequar, modernizar ou reativar seu negócio podem ser orientados sobre a disponibilidade de áreas nos distritos industrias e incentivos fiscais que o Estado oferece.