6/30/2017

Estudante lança livro de contos neste sábado no imperial shopping


Epifania é a obra  de estreia de Eizabeth Torres

Tarde literária sábado, primeiro de Julho,  em Imperatriz. A estudante Elizabeth Torres, 22, lança  Epifania, sua primeira obra. Um livro que reúne parte dos contos que ela escreve desde os 11 anos de idade. A tarde de autógrafos será na área de eventos do Imperial Shopping a partir das 18 horas. Epifania já foi lançado no Rio de Janeiro e, depois de Imperatriz será apresentado em Marabá (PA)

Não por acaso a escritora,  que completou 22 anos no último dia 28,  escolheu Imperatriz para também  expor seu primeiro registro  literário. As raízes são fortes na região. É filha do oftalmologista Luís Madeira, que  por alguns anos trabalhou em Imperatriz e hoje mora em Marabá,  e sobrinha do ex-prefeito Sebastião Madeira.

Os textos da autora de Epifania foram inicialmente tornados público  no Recanto das Letras, site que reúne escritores amadores e profissionais do País inteiro.  Foi no mencionado site que a Editora Multifoco, do Rio de Janeiro,  os descobriu  e resolveu apostar no talento da jovem escritora.

“Mais do que palavras compondo um gênero literário, os monólogos internos permitem fazermos partes do enredo, torcendo a favor ou odiando as escolhas dos seus autores.  Entendendo seus medos com sensibilidade. Sussurrando baixinho, entre páginas e letras, um conselho amigável”  assim é descrito Epifania na sua apresentação. A obra de fácil e compreensível leitura conta com 21 contos distribuídos  em 142 páginas.

Nascida no Rio de Janeiro e residindo atualmente em João Pessoa (PB)  onde cursa Direito,  Elizabeth numa espécie de auto apresentação descreve o livro como “doses enigmáticas do mundo fantástico e imaginário, aprofundam suas raízes na realidade humana, permeada pelas incertezas, apreensões, traumas e expectativas que todos nós, sorrateiramente, quase nunca dividimos”

Ontem a escritora, a convite do acadêmico Dimingos Cezar, participou do “chá das cinco” da Academia Imperatrizense de Letras oportunidade em que pôde apresentar Epifania aos acadêmicos e falar um pouco de seu ingresso  no mundo da literatura.