2/01/2012

Programa em rede nacional destaca importância do Banco de Alimentos


Em Imperatriz, o Banco se tornou referência em todo o País


Domingos Cezar

Fruto de uma parceria entre o Governo Federal, por intermédio do Ministério do Desenvolvimento Social e do Combate à Fome, com as prefeituras interessadas, o Banco de Alimentos vem se tornando um dos mais relevantes programas sociais. O programa tem como finalidade combater a fome com a doação de alimentos que se tornariam lixo orgânico, mas que são reaproveitados na mesa das pessoas carentes.

A ação do Banco de Alimentos, do município de São Paulo, capital, foi matéria de destaque do SBT Repórter, programa em rede nacional da última segunda-feira (30). A reportagem mostra todo o trabalho de uma equipe que começa a trabalhar recolhendo alimentos, principalmente produtos hortifrutigranjeiros nos supermercados, sacolões e feiras, para serem reaproveitadas.

Dentro desse contexto, o Banco de Alimentos de Imperatriz, fruto de um convênio do Governo Federal com a Prefeitura de Imperatriz, vem realizando a mesma ação fiel a seus princípios, que o tornou uma referência a nível nacional. Coordenador do programa neste município, Luis Miranda de Andrade, o Lula Miranda, se esforça com sua equipe para realizar uma tarefa árdua, mas de extrema importância para as pessoas carentes.

De acordo com Lula Miranda, o Banco de Alimentos de Imperatriz tem procurado manter um bom estoque e para tanto, tem buscado parceria com empresas de todos os portes, além de campanhas consideradas físicas, uma vez que são dirigidas exclusivamente às pessoas físicas. Desta forma, o Banco atende hoje quase 100 instituições, entre escolas, creches, casas abrigo, entre outras.

O Banco de Alimentos, dentro de sua função social atende ainda cerca de 1,3 mil famílias devidamente cadastradas, que recebem cestas básicas. Os alimentos recolhidos são transportados para a sede da instituição, onde uma equipe, sob a supervisão de uma nutricionista vai limpar e embalar os alimentos, os quais, mais uma vez são transportados em veículos especiais para seus destinos.

Os programas coordenados pela Prefeitura de Imperatriz, como o Banco de Alimentos e o Restaurante Popular, receberam elogios e reconhecimento até mesmo da consultora nacional da FAO/ONU, em Brasília, Cíntia Castro, a qual frisou que “a Prefeitura de Imperatriz presta um grande serviço à população carente, no que diz respeito à execução de programas na área de Segurança Alimentar e Nutricional”, conclui.