3/09/2012

Encontro regional da Mulher com Deficiência articula políticas públicas para garantir direitos


Encontro  foi ontem  no auditório da Apae e contou  com participação do prefeito Madeira.


No Segundo Encontro  Regional da Mulher com Deficiência, realizado ontem no auditório da Apae, na Vila Lobão,  as mulheres discutiram temas como Autonomia e Empoderamento na Vida Social e Política; Direito  a Empregabilidade, Prioridade na Saúde e  Violência  Contra a Mulher com Deficiência. O encontro durou toda manhã e tarde de ontem.

Na mesa dos trabalhos apenas duas presenças masculinas: a do prefeito Sebastião Madeira e de Dilson Bessa, presidente do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência.

O evento,  com o apoio da Prefeitura, foi realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência que é presidido pela ativista social Maria da Conceição Silva.

Na abertura do encontro falaram entre outros a presidente do conselho Conceição Silva,  a presidente da Apae, Juracy Eloy Nascimento,  o presidente do Conselho Estadual Dilson Bessa,  as secretarias municipais Conceição Formiga e Miriam Reis, a promotora da saúde Aline Matos e o prefeito Sebastião Madeira.

“É preciso muito amor pelo ser humano para abraçar essa causa”  destacou a promotora  de Justiça Aline Matos ao se dirigir aos participantes do encontro  e elogiar a iniciativa do conselho pela sua realização. 

Na sua fala a representante do Ministério Publico reconheceu o esforço que  a Prefeitura de Imperatriz tem feito  para melhorar a saúde  e  apoiar  quem tem algum tipo de necessidade especial.

Atualmente a Prefeitura mantém na estrutura da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social a Casa dos Especiais, dedicada como o próprio nome sugere, aos especiais que recebem ampla assistência social, psicológica, terapêutica, laboral. A casa  é presidida pela terapeuta ocupacional Poliana Dias.                    

Conceição Formiga , da Secretaria de Políticas para Mulheres e Mirian Reis, do Desenvolvimento Social dedicaram suas falas para homenagear as mulheres pela luta pela garantia de espaço  na sociedade. Por  mais de uma vez foi lembrado o nome da professora Juracy Eloy que há 32 anos fundou  em Imperatriz a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais.

“O Importante é olhar para o futuro”  declarou  Madeira


 “Ninguem representa mais essa causa mais do que a professora Juracy” disse o prefeito Madeira na abertura do Segundo Encontro Regional da Mulher com Deficiência ressaltando a luta da educadora pela causa daqueles que têm necessidades especiais.

Madeira destacou a importância do evento, destacou os avanços de sua gestão na valorização da mulher lembrando que elas estão  fortemente presente em toda a estrutura do governo ocupando cargos importantes nos primeiro e segundo escalões.

O prefeito também falou do apoio que a gestão tem dado a essa causa com a expansão e melhoria no funcionamento da Casa dos Especiais.

Por último  Madeira  asseverou que as pessoas com deficiência ali presentes eram exemplos de pessoas que avançam na vida e que uma das coisas importantes na vida é sempre olhar para frente, olhar para o futuro e jamais se deixar abater diante das adversidades.