11/20/2012

Projeto Cidade Limpa é lançado oficialmente



Sinfra, Semed, Sedes e Setran engajaram na iniciativa do Conselho do Meio Ambiente

Domingos Cezar

Em reunião realizada no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o Conselho Municipal de Meio Ambiente (Commam) lançou, oficialmente, na última quarta-feira (14), o projeto “Cidade Limpa”, que tem como objetivo principal conscientizar as pessoas para não jogar lixo nas ruas, nem em locais inadequados.

O projeto, que é mais uma iniciativa do Commam, recebeu o apoio das Secretarias de Educação, de Trânsito e de Desenvolvimento Social. Para tanto, marcaram presenças na reunião os secretários Zesiel Ribeiro (Educação); José de Ribamar Alves, o Cabo Jota Ribamar (Trânsito e Transportes); e Miriam Reis (Desenvolvimento Social).

Ao apresentar o projeto para os conselheiros e convidados, a presidente do Commam, Ivanice Cândido, destacou a importância do projeto e agradeceu o apoio dos três secretários, bem como do engenheiro Carlos Elpídio Cunha, que representa a Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), no Conselho.

Diretor executivo do Commam, representando a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII), o engenheiro Luis Salani disse que a entidade representativa da classe empresarial também abraçou a iniciativa. “Para tanto, faremos um trabalho junto à classe, no sentido de que as empresas forneçam coletores de lixo que serão colocados nas ruas”.

Salani lembrou que, por mais que a Sinfra procure manter a cidade limpa, através do serviço de limpeza pública, é preciso que as pessoas tenham a consciência de jogarem o lixo em locais adequados. Ele observa, entretanto, que muitos locais estão precisando dos coletores, até porque vândalos danificam esses coletores.

A campanha Cidade Limpa, de acordo com a presidente Ivanice Cândido, vai além de conscientizar os moradores a não atirarem lixo nas ruas e riachos. “A campanha também conscientiza as pessoas a manterem intactos os coletores de lixo, para que as pessoas encontrem nas ruas e avenidas esses locais destinados a receberem o lixo”, diz a bióloga.

O secretário de Educação, Zesiel Ribeiro, garante que existe um trabalho de conscientização nesse sentido nas escolas. Ele admite, contudo, que a iniciativa do Commam vai, ainda, motivar professores e alunos a se tornarem multiplicadores nessa jornada. “Manter a cidade limpa é uma obrigação de todos”, conclui o secretário.

A titular da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Miriam Reis, disse ter se engajado no projeto, que ela considera de alto alcance social. Para ela, uma campanha maciça na mídia com certeza vai despertar nas pessoas o desejo de manter uma cidade limpa, bonita, digna de um povo civilizado.

Trânsito

Por sua vez, o titular da Setran, Cabo Jota Ribamar, disse que vai apoiar o projeto conscientizando os motoristas de caçambas que transportem areia em utilizar lonas nas carrocerias para evitar que a areia caia no meio da rua. Ele lembrou que esse problema vem sendo apontado há algum tempo pelo Conselho e pela população.

“Nós abraçamos esse projeto, razão porque vamos aumentar a fiscalização, tentando nesse primeiro momento conscientizar os transportadores de areia a utilizarem as lonas, mas se porventura, alguém teime em transportar areia sem o devido cuidado, esse infrator será punido”, alerta o secretário de trânsito.