12/28/2012

Prefeitura ampliou sinalização e promoveu campanhas de conscientização no trânsito



  

Imperatriz - Uma das pastas mais importantes da gestão Municipal, a Secretaria Municipal de Transito e Transporte (Setran)  nos últimos quatro anos esteve sob o comando do secretário José de Ribamar Alves Soares, o cabo J. Ribamar.

Em entrevista à nossa equipe, o cabo J. Ribamar fez uma síntese do trabalho à frente da Setran, destacando que o trabalho realizado na primeira gestão do prefeito Sebastião Madeira, que foi muito além da organização e Engenharia de Trânsito.

“Nosso trabalho teve como foco principal a conscientização da comunidade com a educação para o trânsito. Além da fiscalização e campanhas educativas, estivemos junto à comunidade ofertando aos trabalhadores do trânsito cursos de qualificação e orientação. Entre esses os cursos de qualificação de mototaxistas, taxistas e carroceiros podem ser exemplificados”.

    Das ações executadas por sua pasta, o cabo J. Ribamar cita que a organização do trânsito com sinalização e mudanças de sentido de vias foi uma alternativa fundamental para a dinamização do fluxo de veículos e pedestres em regiões de grande movimento.

“Na Engenharia de Trânsito podemos destacar o trabalho feito nas Avenidas Jacob e Liberdade na região do grande Cafeteira; as ruas Hermes da Fonseca, Rui Barbosa e rua da Assembléia na Vila Lobão; a Euclides da Cunha e Dom Marcelino, na Vila Nova; a Sousa Lima, Simplício Moreira e Leôncio Pires, que ligam o centro da cidade ao Bacuri; a Bernardo Sayão, Santa Tereza e Fortunato Bandeira na Nova Imperatriz; as Ruas Henrique Dias e Beta, no Bacuri; as ruas Carajás e Tupinambá no Jardim São Luís. Todos esses corredores de trânsito passaram a ser mão única para facilitar o deslocamento”, explica.

Além da sinalização horizontal, o secretário lembra ainda que foram instalados 22 conjuntos semafóricos em cruzamentos onde há grande fluxo. “No bairro Nova Imperatriz, foram instalados três conjuntos semafóricos”, disse.

Educação para o Trânsito


Ele destacou o Programa Municipal de Educação para o Trânsito de Imperatriz (Prometi) que consiste em ações educativas de trânsito, desenvolvidas junto às instituições públicas de ensino, visando à necessidade da aquisição de valores éticos de cidadania no trânsito.

“O tema trânsido deve ser assumido como responsabilidade pública de zelo pela locomoção de pessoas e não somente de veículos, afim de que a vida humana seja assegurada e priorizada em relação a fluidez de veículos”, diz ele, que destaca que a Setran implantou em 17 escolas públicas projetos de educação para o trânsito, visando a formação da cidadania, promovendo uma nova dimensão conceitual sobre o trânsito, criando recursos pedagógicos e outros materiais que auxiliem a compreensão e formar multiplicadores de ações educativas para o trânsito.

Balanço


O secretário J. Ribamar ressalta que durante o trabalho de fiscalização geral na operação do trânsito foram empregadas oito viaturas e 17 agentes de trânsito, intensificando a fiscalização direcionada ao transporte irregular de passageiros (vans, mototáxi clandestinos e táxi –lotação).

Ele diz que foram lavrados 8.883 autuações de veículos e realizado 716 fiscalizações e sinalizações em eventos (shows, carreatas, pit stop e interdições) na cidade de Imperatriz.

Mudança de sentido de vias

O secretário J. Ribamar enfatizou ainda a mudança de sentido de ruas e avenidas como forma de melhorar o trânsito em Imperatriz, cita, como exemplos, as avenida Santa Teresa (da rua Y – Centro, até a rua Sergipe – Três Poderes); Bernardo Sayão (da rua Alagoas – Três Poderes, até a rua Cel. Manoel Bandeira – Centro) e Ceará (em toda a sua extensão), passaram a ter sentido único.

A rua Leôncio Pires Dourado (da rua Monte Castelo – Centro, até a rua João Pessoa – Bacuri), passou a ter sentido único; as ruas Sousa Lima (da Avenida Bernardo Sayão até a rua Leôncio Pires Dourado, sentido Nova Imperatriz – Centro) e Coriolano Milhomem (da rua Monte Castelo até a Avenida Bernardo Sayão, no sentido Centro-Nova Imperatriz) também passaram a ser sentido único.


Também mudaram de sentido as ruas Tamandaré (da BR-010 até a Avenida Tancredo Neves-Vila Nova), Tupinambá (da Avenida Tancredo Neves – Vila Nova, até a BR-010) e Amazonas (da rua Leôncio Pires Dourado-Centro, até a rua Floriano Peixoto-Nova Imperatriz) que passaram a ter sentido único.

BOX

SERVIÇOS DE SINALIZAÇÃO VIÁRIA - HORIZONTAL

Pintura de faixa de pedestres                                           236

Pintura de faixa de retenção                                            284

Pintura de linha divisória de fluxo                                   279

Pintura de nomes Pare, Quebra-molas,  nome escola                265

Implantação de tachões                                                   705

Total de m2 que foram pintados                                               8.599 m2
Implantação de placas de regulamentação                       1.770
Implantação de placas de indicação                                    36
Fonte: Setran