2/27/2013

PRERROGATIVAS DO ADVOGADO ESTARIAM SENDO VIOLADAS PELA REGIONAL DE SEGURANÇA DE IMPERATRIZ, INFORMA PRESIDENTE DA SUBSEÇÃO DA OAB MALAQUIAS PEREIRA



O recém empossado presidente da Subseção da  Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Malaquias Pereira   já tem um “pepino do tamanho do mundo” para resolver: uma suposta crise de relacionamento que estaria havendo entre a Polícia Civil e os advogados da Comarca, notadamente os que atuam na área penal.

O problema, conforme me relatou o presidente da Ordem,  é que alegando questões de segurança, a Diretoria Regional de Segurança estaria violando prerrogativas legais dos advogados como por exemplo, o livre acesso aos seus clientes principalmente nos fins de semana.

Outra questão preocupante, segundo Malaquias,  seria o desrespeito á Lei de Execuções Penais (LEP)  “Lá foi proibida a entrada de colchões. Os presos estão dormindo no chão” infomou.

Para o presidente da OAB em nome de possíveis questões de segurança não se pode violar as prerrogativas do advogado nem a dignidade dos presos.

Na última segunda-feira Malaquias disse já ter conversado com o diretor regional de segurança onde essas questões foram pontuadas. O presidente da OAB Imperatriz declarou acreditar inicialmente  no bom senso para resolver a questão.