7/03/2013

Prefeitura realiza mutirão da catarata e do glaucoma na Vila Nova

 
A Prefeitura de Imperatriz, em parceria com o Governo do Estado, realiza nessa quarta-feira (2) e quinta-feira (3) na Unidade Mista de Saúde da Vila Nova, localizada na rua Dom Marcelino, o mutirão da catarata e do glaucoma, principais causas da cegueira no Brasil.

Para ter acesso ao programa, basta o cidadão se dirigir à unidade de saúde, se submeter à triagem e uma vez detectado o ou os problemas, será feito o encaminhamento para o devido tratamento.

A Secretária Municipal de Saúde, Conceição Madeira, informou que o mutirão integra as atividades alusivas ao aniversário da cidade e que se trata de um importante programa de saúde pública que só é possível graças a essa parceria com o governo do Estado. “Temos parcerias na infraestrutura, mas também na área da saúde”, declarou a secretária recentemente eleita como membro do Conselho Estadual dos Secretários de Saúde.

Sobre a catarata, a secretária esclarece que é uma patologia dos olhos que consiste na opacidade parcial ou total do cristalino ou de sua cápsula. Pode ser desencadeada por vários fatores, como traumatismo, idade, diabetes, uso de medicamentos, entre outros fatores. Tipicamente apresenta-se como embaçamento visual progressivo que pode levar a cegueira ou visão subnormal. É uma doença conhecida há milhares de anos e sua cirurgia é realizada há séculos.

“Esse mutirão é considerado de suma importância, pois tem o objetivo de atender a uma demanda reprimida”, explica Conceição Madeira, que destaca o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Ela informou ainda que o mutirão também irá atender casos de Glaucoma, doença ocular causada principalmente pela elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo ótico e, como consequência, comprometimento visual. Se não for tratado adequadamente, pode levar à cegueira.

Sobre a doença, o médico oftalmologista Dr. Pádua explicou à reportagem que a principal característica do glaucoma de ângulo fechado é o aumento subido de pressão intraocular. Já o glaucoma congênito (forma mais rara) acomete os recém-nascidos e o glaucoma secundário que é decorrente de enfermidades como diabetes, uveítes, cataratas, etc.

Ações – Em 2011, a Prefeitura de Imperatriz e o Governo do Estado realizou o mutirão do glaucoma e da catarata que beneficiou cerca de 500 pessoas, segundo informou o superintendente do Sistema de Regulação (Sisreg), Irisnaldo Félix.

“Em Imperatriz, a Secretaria Municipal de Saúde tem trabalhado para reduzir os índices dessas doenças, para isso começa nessa quarta e quinta-feira no bairro Vila Nova uma intensa programação que visa atender centenas de pessoas”, frisa.


Ele conta que o prefeito Sebastião Madeira tem ampliado, desde o primeiro mandato, o número de atendimento à comunidade para atender uma demanda crescente a cada dia, na comunidade da terceira idade. [Da ASCOM]