8/08/2013

Semana Municipal de Aleitamento Materno intensificou o trabalho pela redução da mortalidade infantil



A V Semana Municipal de Incentivo ao Aleitamento Materno foi encerrada ontem (07). Toda mobilização realizada desde 1º de agosto foi promovida pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Programa Saúde da Criança e do Adolescente (PSCA), em parceria com Hospital Regional Materno Infantil (HRMI) e Programas Saúde da Mulher, Saúde do Idoso, Saúde do Homem, Saúde do Adulto, Hiperdia, Saúde Bucal e equipes do NASF.

Palestras educativas nas Unidades Básicas de Saúde (USB) e uma blitz bastante movimentada marcaram as atividades da semana. O objetivo principal das ações segundo Valéria Moreira, coordenadora do PSCA, é levar informações às mães e gestantes sobre a importância de se amamentar.

“Nossa meta principal é fazer com que as mães tomem conhecimento que o aleitamento materno exclusivo pelo menos até seis meses de vida, reduz os óbitos infantis. Temos esta preocupação, até porque trabalhamos em prol da redução da mortalidade infantil, e o aleitamento materno é umas das ações que incentiva a redução nesses índices”, frisa Valéria, explicando que as ações voltadas para esta temática são contínuas e que nesta semana houve apenas uma intensificação das atividades.

Segundo ela, durante todo o ano as equipes de saúde estão presentes nas UBS para dar orientações às famílias sobre a importância da amamentação. Para tanto, os profissionais foram treinados neste período para dar continuidade ao projeto. Valéria ressalta que de 01 a 08 de agosto é comemorado mundialmente a Semana de Aleitamento materno e em função disso foi dado destaque a algumas ações.

 “Nesta semana nós realizamos o pit-stop, capacitações para funcionários, distribuição de material informativo e atividades com gestantes e mães com entrega de brindes e sorteios. Além disso, elegemos a madrinha da campanha - uma mãe que teve o cuidado de amamentar seu filho seguindo todas as orientações dadas pelos profissionais da saúde. Fizemos isso como forma de incentivar as demais a tomar a mesma atitude”, afirma a coordenadora.

Importância do Leite Materno


O leite materno é fundamental para a saúde das crianças nos seis primeiros meses de vida, é um alimento completo que previne contra infecções comuns da infância, isento de contaminação e perfeitamente adaptado ao metabolismo da criança.

O leite humano, em virtude das suas propriedades antiinfecciosas, protege as crianças contra infecções desde os primeiros dias de vida. Além de diminuir o número de episódios de diarréia, encurta o período da doença quando ela ocorre e diminui o risco de desidratação.
Além disso, a mãe que amamenta tem menos risco de hemorragia e infecção após o parto e sua recuperação é muito mais rápida!  E a protege contra câncer de mama e de ovário.

(Maria Almeida – ASCOM)