8/28/2013

Sonho da casa própria: Beneficiários do Minha Casa Minha Vida recebem chaves dos imóveis hoje




Os beneficiários do Programa Habitacional Minha Casa Minha vida contemplados para o Residencial Itamar Guará I e II iniciam hoje (28) o processo de assinatura dos contratos, recebimento de Kit de chaves e manual das futuras moradias. 

O evento será realizado pela Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES) em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF).
Como a contratação ocorrerá de forma dividida, por ordem de residencial, nesta quarta-feira devem comparecer à sede do Programa Bolsa Família as 500 famílias sorteadas para o Residencial Itamar Guará I. Amanhã (29) será a vez das famílias do Itamar Guará II. O atendimento será das 08 às 16 horas.

Segundo informações da coordenadora do programa Bolsa Família, Goreth Santos, o beneficiário precisa estar munido de alguns documentos no ato da contratação.

“Esses beneficiários não podem esquecer de apresentar no ato da contratação os documentos pessoais (RG e CPF) e cópias, assim como documento da vistoria realizada no imóvel”, disse.

Ela alerta ainda que os beneficiários que possuem representação legal através de procurador ou curatela, estes também deverão estar presentes para assinatura dos contratos.

Miriam Reis, secretaria de Desenvolvimento Social, informa que durante a contratação outros atendimentos essenciais serão ofertados.  “Serão oferecidos durante a contratação pontos de atendimento da CEMAR, CAEMA para agilizar na concessão de benefícios públicos de energia elétrica e abastecimento de água, assim como a Caixa Econômica também estará realizando cadastro das senhas para o cartão móveiscard – Minha Casa Melhor, para que o contemplado já saia munido de crédito para compra de móveis e eletrodomésticos e já mobiliar a casa nova”, destacou.

Nos dois dias de assinatura de contratos o atendimento aos usuários do programa de transferência de Renda, Bolsa Família será realizado nos Centros de Referencia de Assistência Social – Cras, nas cinco unidades distribuídas pela cidade.

“Por conta da demanda, são mil contratos para serem assinados, não haverá atendimento aos usuários do Bolsa, todo o nosso pessoal estará ajudando no Minha Casa Minha Vida. Porém, as pessoas não ficarão sem atendimento, é só procurar um Cras mais próximo da sua casa”, orientou. [Sara Ribeiro – ASCOM]