9/26/2013

Clay Lago pode ser candidata ao Senado em 2014



                                 Clay Lago e Euridice Vidigal hoje em Imperatriz.

Ainda com  certa timidez o nome  da ex-primeira  dama do Estado a médica  Clay Lago,  começa a surgir no cenário político maranhense  como um possível nome a disputar uma vaga no Senado na eleição do ano que vem.  O nome dela se junta a outros nomes já postos como possíveis candidatos como José Reinaldo Tavares, Roberto Rocha e Roseana Sarney.

A dona Clay cumpre agenda em Imperatriz como presidente do Instituto Jackson Lago,  que lança  nesta quinta-feira à noite (19h) na Academia Imperatrizense de Letras o livro  GOVERNO JACKSON LAGO- O LEGADO, evento que deve reunir amigos, admiradores e correligionários do ex-governador.

Acompanhada da ex-secretária de Estado da Segurança Pública Euridice Vidigal e do Pastor Porto, ex-vice de Lago e atual vice prefeito  de Imperatriz, Clay Lago declarou que a cerimônia, aberta a todos já que não houve convites individuais,  será bem ao estilo do ex-governador: sem muita formalidade.

Ao ser indagada sobre a possibilidade de vir a disputar uma vaga no Senado ou qualquer outro cargo eletivo  em 2014  Clay Lago se emocionou. Chorou por alguns segundos e não disse nem que sim nem que não. 

Também deixou em aberto seu destino partidário embora haja uma forte possibilidade dela vir a se filiar ao PPS.  Certeza mesmo é que ela vai deixar o PDT, partido que  ao lado do marido ajudou a formar no Maranhão e no qual militou durante anos.

A possibilidade da dona Clay Lago se filiar ao PPS é confirmada pelo Pastor Porto, um dos principais nomes da legenda hoje no Estado.

“Muito nos honrará receber  essa grande mulher no nosso partido. Maior honra, até para o Maranhão,  será  se ela decidir  participar  como candidata  do processo eleitoral do ano que vem. Estatura, vivência, preparo intelectual  ela tem de sobra para ocupar qualquer cargo eletivo no Estado” declarou Porto.