10/31/2013

Riachos que cortam a cidade serão limpos com o decorrer das chuvas


Vereadores também estão preocupados com a manutenção da limpeza dos riachos. Participação da comunidade é fundamental.

“Os riachos que cortam a cidade serão limpos como acontece todos os anos no início do período invernoso”. A afirmação é do engenheiro Roberto Alencar, titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra). A obra de limpeza vai contar com a parceria da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Meio Ambiente.

Roberto Alencar, mais uma vez explica que, para salvaguardar a saúde dos trabalhadores, é preciso que chova mais para que a força das águas possa limpar os esgotos que foram se transformando todos os riachos de Imperatriz, inclusive o riacho Cacau. “Não podemos colocar em risco a saúde dos trabalhadores que se esforçam para esse serviço”.

O secretário afirma que embora a Prefeitura procure conscientizar os moradores para que não joguem lixo no leito dos riachos, alguns deles continuam a entulhar rios e riachos com todo tipo de resíduo, que variam de sofás, fogões, geladeiras velhas, até mesmo animais mortos, que colaboram ainda mais com a poluição.

Este comportamento adotado por muitas pessoas, bem como outros que insistem em construir prédios - sem a devida licença - nas margens e até mesmo no leito dos riachos, preocupa o advogado Cleto Vasconcelos, titular da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (Sepluma).

Para o secretário de Meio Ambiente é preciso investir mais em campanhas educativas para que as pessoas tenham a consciência de que não podem jogar lixo e muito menos construir prédio no leito dos riachos. Esse tipo de ação é que provoca as inundações, uma vez que as águas são obstruídas no leito dos riachos.

Câmara – Essa preocupação foi demonstrada por praticamente todos os vereadores na sessão da Câmara Municipal desta quarta-feira (30). O vereador Antonio José Fernandes de Oliveira apresentou projeto de indicação direcionado às secretarias municipais de Infraestrutura (Sinfra) e Planejamento Urbano e Meio Ambiente (Sepluma), solicitando a limpeza de todos os riachos da zona urbana.

O projeto foi bastante debatido e considerado oportuno pela maioria absoluta dos vereadores, alguns deles chegaram a pedir para subscrevê-lo. Explicando aos colegas os quais querem que o serviço de limpeza devia ser feito imediatamente, Raimundo Roma explicou o risco de saúde que os trabalhadores correm e que, por isso, é preciso esperar mais um pouco. (Domingos Cezar/ASCOM)