11/20/2013

Funcionários da Vigilância Sanitária de Imperatriz participam de capacitação sobre inspeção sanitária




O treinamento que começou na segunda-feira (18) e segue até sexta feira (22), trata das ações desenvolvidas pelo órgão na cidade.

Promovida pela Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa), esta capacitação tem o objetivo de qualificar e atualizar o conhecimento dos profissionais na área das ações de Vigilância Sanitária, bem como esclarecer as dúvidas pertinentes à prática de inspeção sanitária.

Dentre os temas a serem debatidos, estão: Medicamentos, alimentos, licenciamento sanitário, Sistema Nacional de Informação em Vigilância Sanitária – Sinavisa, Ações de Educação e Mobilização no Contexto da Vigilância Sanitária, e uso da Comunicação em Vigilância Sanitária. Além disso, será realizada uma oficina de trabalho para elaboração da programação anual de vigilância sanitária (PAVS).

Dinaldete Marques, Coordenadora da vigilância Sanitária de Imperatriz, informa que o treinamento é direcionado para todos os funcionários, tendo em vista sua importância para o bom funcionamento do órgão. Segundo ela, as legislações sofrem mudanças contínuas e por isso a necessidade do profissional se atualizar constantemente para oferecer um trabalho de qualidade a nossa população.

“Esta capacitação vai servir para ampliar os conhecimentos de nossos funcionários novatos, esclarecendo, por exemplo, como se deve fazer uma inspeção sanitária. E também é uma oportunidade para os profissionais se aperfeiçoarem, tirando suas dúvidas quanto aos procedimentos”, observou Dinaldete Marques, ressaltando que a vigilância municipal de Imperatriz também promove treinamentos com frequência.

De acordo com a programação, durante toda esta semana nos períodos da manhã e da tarde, haverá treinamento. Hoje (quarta-feira) o tema discutido será a “Vigilância sanitária de Produtos relacionados a Saúde”, e  “Alimentos”. Amanhã, a “Vigilância Sanitária de Serviços de Saúde”. Já na sexta, acontecerá a parte prática da capacitação, com inspeções de cunho educativo nos estabelecimentos da cidade.
Maria Almeida - ASCOM