2/11/2014

OPINIÃO: CARNAVAL TRADICIONAL SERÁ MANTIDO EM IMPERATRIZ, POR *Carlos Leen



* Carlos Leen Santiago, professor, músico, e membro do Movimento Ocuparte. 

Menos mal. Nem tudo são flores no tratamento da esfera cultural em Imperatriz, porém, pelo menos teremos a manutenção de um Carnaval único em toda a região tocantina. 

A tradicional jardineira será mantida e junto com ela os concursos de marchinhas, concurso de blocos e melhor fantasia. Nesse ano uma novidade: a premiação da residência mais estilizada no percurso da folia.  Lógico que a proposta pode (e deve) ser estendida aos bairros.

Para quem curte o carnaval ao estilo baiano, com abadás e aquela corda excludente poderá ter que pegar o trecho rumo a Porto Franco ou a Barra do Corda. A programação da Beira Rio com o Trio Elétrico esse ano talvez não aconteça. Desconheço os motivos que possam inviabilizar tal evento.


Como sabemos a Jardineira é um Carnaval mais "família". Termina cedo, marchinhas rolando, crianças em cima dos ombros dos pais, essas coisas. 

Lucena Filho, presidente da Fundação Cultural nos informou que o carnaval da Beira Rio terá que ser terceirizado, visto que a Prefeitura não possui interesse de realiza-lo. E aí se nenhuma empresa "pegar" a empreitada não tem como rolar. 

Se dependesse só de mim não rolava. Mas isso quem decide são os empresários do ramo. 

O Carnaval da Beira Rio há muito tempo deixou de ser interessante para ser apenas um ajuntamento de abusos. E tome briga, álcool, prostituição, drogas, brigas etc....


Por essas e outras meu carnaval tem fim ali na Praça da Cultura. Mas, essa é só minha opinião crianças, sem querer ser chato (porém já sendo) cada um se diverte da forma que achar adequada.