2/11/2014

Vacina HPV: SEMUS vai mobilizar escolas para a realização da campanha em Imperatriz


Levantamento do público-alvo em escolas municipais já foi concluído e o calendário está sendo elaborado. Imunização começa em 10 de março

            A campanha de vacinação contra o vírus HPV terá início a partir de 10 de março em Imperatriz. Para tanto, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) está definindo as estratégias de atuação em campo durante a distribuição das vacinas. Em reunião realizada ontem pela manhã (11), a equipe que está à frente da campanha, já elencou as primeiras ações a serem realizadas.

            Vale ressaltar que a primeira determinação da SEMUS é que as vacinas serão aplicadas nas entidades e órgãos onde se encontra o público alvo.  Segundo Gumercindo Filho, um dos organizadores, já está sendo elaborado o calendário de aplicação da 1º dose nas escolas municipais, pois já foi feito levantamento em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SEMED), do número de adolescentes dentro da faixa etária a ser vacinada (de 11 a 13 anos).

            Porém, faltam os dados das escolas particulares. “Nesta reunião detectamos que nossa maior necessidade é mobilizar os diretores das escolas privadas, com o objetivo de termos acesso aos dados, bem como a quantidade de adolescentes pertencentes ao público alvo”, explica Gumercindo, enfatizando a necessidade da participação destes gestores na realização desta campanha.

            Tendo em vista esta situação, a coordenação da campanha convoca todos os diretores das escolas particulares de Imperatriz para reunião que será realizada nesta próxima sexta feira, 14 de fevereiro, as 08h30min, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde localizada na Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa nº 47, Centro – para tratar da campanha de vacinação contra o vírus HPV e solicitar a relação das alunas que estão dentro da faixa etária acima citada.

            Dentro da rede pública já foram catalogadas 31 escolas na zona rural e 87 na zona urbana, totalizando 1.228 alunas que receberão a vacina; sendo que a estimativa do Ministério da Saúde baseada no último censo do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, é que sejam vacinadas aproximadamente 7.529 adolescentes em Imperatriz.

            A vacina quadrivalente que combate os vírus HPV tipo 06, 11, 16 e 18 é gratuita e estará disponível também nas Unidades Básicas de Saúde durante todo o ano, após aplicação nas escolas. O objetivo é utilizar esta vacina na prevenção do câncer de colo do útero que é o terceiro tipo mais frequente entre as mulheres. 
Maria Almeida - ASCOM