5/24/2014

Setran reforça fiscalização nos serviços prestados por mototaxistas e taxistas em Imperatriz.


Por Eva Fernandes.

A ação tem como objetivo verificar se os condutores estão devidamente habilitados e regulamentados para exercer a profissão.

Desde quarta-feira (21) a Secretaria de Trânsito e Transporte (Setran) tem intensificado as fiscalizações aos serviços de taxi e mototaxi em Imperatriz. O objetivo é combater o transporte irregular de passageiros na cidade. Sobretudo, garantir mais qualidade nos serviços prestados para a população.

De acordo com o secretário José de Ribamar, a medida faz parte das ações constantes da Setran. Entretanto, após o período de renovação do alvará, documento obrigatório que regulamenta a atuação dos profissionais que trabalham com transporte alternativo na cidade, realizada no período de 17 de abril a 31 de março, as fiscalizações estão sendo reforçadas. 

Diante disso, ele informa que os profissionais que não fizeram a renovação do documento no prazo estabelecido, estão sendo penalizados conforme a Legislação de Trânsito, que condiciona o desempenho de todos os condutores de transporte municipal alternativo ao alvará dentre outras documentações.

 “Intensificamos a fiscalização de trânsito, visando combater o transporte irregular de passageiros bem como combater as irregularidades promovidas por veículos no centro da cidade. Desde o início da ação multamos e apreendemos 29 veículos”.  Sobre as penalidades José Ribamar assevera “os condutores em situação irregular, podem resultar em multas, processo administrativo, bem como cancelamento do alvará fornecido”.

De acordo com a lei, os veículos destinados ao transporte individual ou coletivo de passageiros, só podem circular autorizados pelo município. “Vamos disciplinar o trânsito para proporcionar mais segurança para a população em geral”. E finaliza “todos os veículos que não possui alvará, ou não renovaram o documento que legaliza o desempenho da função  estão sendo levados para o pátio da Setran. Nossos  agentes de trânsitos estão trabalhando inclusive aos fins de semana para garantir maior eficácia nessa ação”.

Além combater o transporte clandestino, o secretário afirma que a Setran tem intensificado as fiscalizações no trânsito para coibir o uso de bebida alcoólica, bem como velocidade acima do que é permitido pela Legislação de Trânsito.

ASCOM