7/31/2014

Eficência: equipe do SAMU realiza cesariana de emergência e salva bebê: Prefeito faz elogio público à equipe de suporte avançado liderada pelo médico Anísio Cavalcante.


Por Maria Almeida.

Na madrugada de ontem (30), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 Regional de Imperatriz foi chamado para prestar socorro à uma pessoa feria à bala no Bairro bacuri, e chegando ao local se deparou com uma mulher no oitavo mês de gestação já em estado de óbito. Observando que a criança ainda estava viva, a equipe da Unidade de Suporte Avançado (USA) 01 decidiu fazer o parto ali mesmo no local da ocorrência.


“Fizemos uma cesariana de emergência, no próprio local em que foi encontrado o corpo da vítima, grávida de oito meses. Ela foi atingida por um projétil de arma de fogo na cabeça e já estava morta há cerca de 20 minutos, quando chegamos. O bebê estava em parada cardiorrespiratória, em completa assistolia, cianótico e hipotérmico. Realizamos todas as manobras possíveis de BLS e ACLS em neonato, a luta pela vida foi incessante, até que, após 25 minutos a criança voltou para a alegria, emoção, alívio, satisfação e vitória da equipe”, informa o Médico Anísio Cardoso Cavalcante, médico do plantão ao observar que a recém-nascida que recebeu o nome de Anita Vitoria foi transferida para uma UTI neonatal do Hospital Regional e já se encontra fora de perigo.  “Não tem uma vez que fale no caso para não me emocionar”.
 Além do médico, participaram da operação o Enfermeiro Danylo Bilio Araújo, e a Técnica Aucilene Almeida de Sousa. O fato é inédito e pôde ser realizado devido à estrutura das ambulâncias do SAMU que contêm os equipamentos médicos necessários para Regulação dos Atendimentos Móveis de Urgência e transferências de pacientes graves. O SAMU de Imperatriz opera com uma base central e duas descentralizadas no município, além de 14 instaladas nas cidades que compõe a regional; disponibilizando nove equipes de socorro, sendo seis Unidades de Suporte Básico, duas Unidades de Suporte Avançado e uma motolância.
Reconhecimento – 
Ao saber do feito, o prefeito Sebastião Madeira fez questão de parabenizar em público toda a equipe do SAMU de Imperatriz pela dedicação e eficiência no trabalho desenvolvido na região.
Para Madeira, a agilidade, o preparo e o senso humanitário dos socorristas foram fundamentais para que o socorro fosse positivo. “O relato do Dr. Anisio emociona a todos nós, pais e mães. Quero aqui publicamente parabenizar não só a equipe envolvida no socorro dessa criança, mas a todos os profissionais do SAMU, cuja rotina tem sido socorrer e por vezes salvar vidas”.
Investimento em recursos humanos – Além de toda a logística em equipamentos, a Secretaria Municipal de Saúde oferta constantemente cursos de regulação para os funcionários do SAMU. O último treinamento realizado tratou sobre telemedicina, regulação das ocorrências e recebimento das ocorrências por telefone. Participaram da formação os rádios operadores, médicos e telefonistas.
Segundo Conceição Madeira, secretária municipal de saúde, o fator decisivo na qualidade do serviço prestado à comunidade é a qualificação dos profissionais que realizam os atendimentos. “Esses treinamentos são fundamentais, pois só melhora o atendimento prestado à população, auxiliando os funcionários no cumprimento da missão de socorrer cada vez melhor as pessoas que procuram o SAMU”, disse ao comemorar a redução no numero de óbitos com o atendimento eficaz do SAMU.
“Com o SAMU 192, a Secretaria Municipal de Saúde de Imperatriz está reduzindo o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia, dispondo de uma Central de Regulação Médica de Urgências”, informa Conceição Madeira. Ela observa também que a eficiência do serviço dar-se-a em função dos investimentos feitos no decorrer do ano passado que proporcionaram redução do tempo médio de atendimento do socorro.
ASCOM