5/29/2015

INFLUENZA: SEMUS já atingiu mais da metade da meta de cobertura vacinal


05 de junho é o prazo previsto para encerrar a aplicação das doses no município. Servidores da saúde estão sendo imunizados.

A campanha de imunização contra a Influenza (gripe) em Imperatriz já atingiu 51% da meta preconizada pelo Ministério da Saúde. O prazo para aplicação das doses encerra em 05 de junho em todas as unidades de saúde da zona urbana e rural.

Essa semana as doses do antídoto também foram disponibilizadas para os servidores lotados na sede da Secretaria Municipal de Saúde. A aplicação da vacina na sede da secretaria faz parte da logística de aplicação das doses que prevê imunizar cerca de 42 mil pessoas entre os grupos prioritários de Imperatriz.

De acordo com a coordenadora de Imunização do Município, Socorro Ribeiro, os servidores ligados a SEMUS fazem parte dos grupos prioritários e por isso estão recebendo a vacina. “Durante esta semana além de atendermos todos os servidores ligados a SEMUS estamos com as equipes do Programa nos hospitais da cidade imunizando funcionários e pacientes destinados a receber a dose”, acrescenta Socorro.

Ela explica ainda que a política de cobertura vacinal determinada pela gestão da Secretária Conceição Madeira prevê estas ações objetivando assim um alcance maior no número de pessoas imunizadas contra a gripe. “Quanto mais pessoas recebem a dose da vacina, menos adoecidos teremos na Rede Pública de Saúde – onerando assim menos gastos para o município, e no caso dos nossos colaboradores, o ganho é ainda maior, pois se não adoecem, a produtividade não cai”, ressalta a secretária.

Porém, neste momento estão recebendo as doses apenas pessoas mais suscetíveis à doença, como idosos a partir de 60 anos, crianças de seis (6) meses a menor de dois (2) anos, gestantes, pacientes acometidos por doenças crônicas e profissionais de saúde que lidam diretamente com o paciente. “Contudo, após atingir a meta nos grupos prioritários caso sobre dose, estas serão disponibilizados a comunidade em geral”, afirma.

Porém, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, vale ressaltar que no momento, o Programa não está atendendo empresas, nem órgãos que não tenham pessoas que se enquadre nos grupos priorizados pelo Ministério da Saúde; até porque as doses destinadas a Imperatriz estão chegando por lotes, e segundo confirmou a coordenadora de Imunização da cidade, até ontem (28) ainda faltava chegar 10% do total previsto (das 42 mil doses). 
[Maria Almeida – ASCOM]