5/27/2015

Prefeito Madeira abre a X Conferência Municipal da Criança e do Adolescente


O evento tem o objetivo de discutir, elaborar e promover diretrizes que garantam a implementação do Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente

A Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES), em parceria com o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) realiza hoje (27), a X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Imperatriz. O evento será realizado no auditório da Unidade Regional de Imperatriz (UREI), a partir das 8h.
Com a temática: “Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes: fortalecendo os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente”, a Conferência, que acontece a cada 2 anos, tem o objetivo de discutir, elaborar e promover diretrizes que garantam a implementação do Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O debate terá como base cinco eixos: Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes; Proteção e Defesa dos Direitos; Protagonismo e Participação de Crianças e Adolescentes; Controle Social e Efetivação dos Direitos e Gestão da Politica Nacional dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes. Bem como haverá a Palestra Magna que será ministrada pelo Promotor de Justiça, Alenilton Santos Júnior, titular da Promotoria da Infância e Juventude de Imperatriz. 

Para o Vice-Presidente do CMDCA, Julio Mourão, a Conferência é palco importante para garantir os direitos da criança e do adolescente.

“A Conferência é um momento importante no aprimoramento das políticas públicas, uma vez que é a oportunidade da sociedade civil de discutir juntamente com o poder público, ações; benefícios; desenvolvimento de programas, projetos e serviços que garantam os direitos e proteção da criança e do adolescente”, declarou.

Na conferência serão escolhidos os delegados para Conferência Estadual, conforme orientação do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do adolescente (CONANDA), além da apresentação das propostas deliberadas pelos conferencistas. A conferência é aberta ao público em geral e as inscrições são gratuitas.

 [Sara Ribeiro – ASCOM]