8/24/2015

Microempreendedores recebem orientação de como fortalecer seu próprio negócio


       A Sala do Empreendedor é uma iniciativa da Prefeitura Municipal e Sebrae

Situada no prédio da antiga SEMED, Rua Simplício Moreira, 1478, Centro, a Sala do Empreendedor vem recebendo diariamente pessoas que estão constituindo seu próprio negócio, para receberem orientações de como deve proceder para se tornar um Microempreendedor Individual. A Sala do Empreendedor é uma iniciativa da Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico – SEDEC e SEBRAE.

De acordo com a coordenadora, Dita Gonçalves, estima-se que cerca de oito mil empreendedores atuem na informalidade. “Aí que entra a Sala do Empreendedor que oferece suporte e orientação aos micros e pequenos empreendedores criando oportunidades para sua formalização”, explica Dita Gonçalves, afirma a coordenadora, ressaltando que, na informalidade o empreendedor não tem garantia dos direitos trabalhistas.

“Aqui oferecemos orientação sobre os procedimentos necessários à abertura e formalização da empresa, com redução da burocracia, maior agilidade e promoção do desenvolvimento econômico”, explica Dita Gonçalves, adicionando que a Sala do Empreendedor é também um importante instrumento público de fomento ao empreendedorismo no município de Imperatriz.

A Sala do Empreendedor tem como finalidade principal, agilizar e facilitar o atendimento ao cidadão que pretende abrir seu próprio negócio. Visa, ainda, realizar ações integradas com setores da sociedade com o objetivo de fomentar o empreendedorismo. Entre estes, a própria Junta Comercial do Maranhão, no fornecimento de alvarás para os empreendedores individuais.


Benefícios – As pessoas que buscam o apoio para seus negócios recebem como benefícios: informações a respeito do registro do Micro Empreendedor Individual (MEI); fornecimento de cadastro na Prefeitura e respectivo Alvará de Funcionamento, consultas prévias às etapas de registro ou inscrição na Junta Comercial, informações sobre linha de crédito e encaminhamento ao SEBRAE para curso gratuito de gestão. (Domingos Cezar/ASCOM)