10/24/2015

LEILÃO: itens que serão leiloados pela Prefeitura de Imperatriz já estão disponíveis para visitação


O edital com as informações sobre valores, data e demais critérios já foi divulgado. O leilão será realizado no dia 10 de outubro

Desde o dia 20 de setembro os lotes que serão leiloados pelo Município encontram-se na Prefeitura, localizada na Rua Ruy Barbosa, n° 201, Centro, Imperatriz/M disponíveis para visitação. O edital com a relação dos lotes está disponível no site oficial da Prefeitura de Imperatriz. http://www.imperatriz.ma.gov.br/ e também no site http://www.grleiloes.com/leiloes/edital/27 da empresa responsável pelo evento. Os interessados poderão verificar em ambos os sites, os lances iniciais de cada lote.

Segundo o edital, os lotes serão vendidos à vista, a quem maior lance oferecer a partir do valor de avaliação. Estabelece também que arrematante assumirá os lotes no estado em que se encontram, sem direito de reclamações posteriores ao seu estado de conservação, inclusive remarcação de chassi, as fotos são meramente ilustrativas, sendo aconselhável a visita dos lotes antes do leilão. Os Lances poderão ser registrados a partir do dia 10/11/2015 com início às 10 horas no horário local, o Leilão será realizado no auditório da Secretaria de Administração, na Rua Simplício Moreira, n° 1478, Centro, Imperatriz/MA.

Sobre os critérios para participar do leilão, os arrematantes e/ou interessados presentes deverão portar seus documentos de identificação: CPF e Identidade para pessoa física e CNPJ e Contrato Social para pessoa jurídica, os quais deverão ser obrigatoriamente apresentados ao leiloeiro oficial, no ato da arrematação, para emissão da nota de venda.

Estima-se que a Prefeitura arrecade cerca de 300 mil reais que serão destinados ao cofre do Município para a aquisição de novos bens. De acordo com o secretário de Municipal de Administração, Iramar Candido a que medida segue as diretrizes da Lei no que se refere ao descarte de bens públicos, sobretudo, vai promover a sustentabilidade visto que grande maioria dos bens são produtos recicláveis.

Em relação aos veículos que estão à disposição do leilão, Iramar assinala que a frota é composta por veículos utilitários, ambulâncias, veículos de passeio e motos, que pelo desgaste e tempo de uso não apresentam mais condições de trabalho. Ele afirma que são bens que não funcionam mais e que a única forma legal que o Municio tem de descartá-los é por meio de leilão. Além de veículos serão leiloadas sucatas de informática. “Tem plástico, metal, enfim todos esses materiais são recicláveis de modo que o resultado paralelo será a promoção da sustentabilidade”.


Eva Fernandes (ASCOM)