10/15/2016

E o nosso rio ???

Raymara Ribeiro
Ao longo dos anos o Rio Tocantins tem sido fonte de sobrevivência, e de  inspiração para centenas de pessoas. Um clique nos sites de buscas e logo vão aparecer milhares de notas sobre o segundo maior rio do Brasil. Só no Google são mais de seis milhões de citações entre textos acadêmicos, dados técnicos,  fotografias, poemas. Hoje mais um texto pode ser encontrado: um lamento em forma de Cordel da estudante de letras da UEMA  Raymara  Ribeiro no qual traça paralelos entre o  passado, o presente e o futuro do Rio.

LEIA !!!

E O NOSSO RIO?


O que fizeram com meu rio Tocantins?
Que em épocas de cheia,
não se via nem areia.
Era Sol e água fria.
E eu que não era besta!
Banhava lá todo dia!

Agora, essa forma de gerar energia,
tirou dos ribeirinhos o alimento e a moradia.
As águas de mercúrio inundaram o nosso rio
e afogaram as nossas Terras.
O rio que ontem era por todos banhado,
hoje é esquecido e encarcerado.
Será intriga da chuva ou o homem que é malvado?

Cada usina agoniza o nosso rio diariamente.
E agora, vem uns dizer que os ribeirinhos degradaram o meio ambiente?
Como? Se vivemos do coco babaçu,
se não fosse o rio não sobraria nem pra mim, nem pra tu.

O que será do nosso Tocantins?
Que deságua no mar através da
Baía do Guajará, na cidade de Belém do Pará?
Se nada for feito o flúmen será cama pra boi dormir
e nós ribeirinhos não teremos pra onde ir.

Falta consciência, falta ação,
falta alguém que tenha amor no coração.
Não vamos esperar para ver este rio secando não.
Ôh! Ingratidão!