1/29/2017

A GUERRA PELO SENADO NO MARANHÃO EM 2018

A disputa pelas duas vagas no Senado no Maranhão com certeza será uma verdadeira guerra. Fora o “assanhamento de Wverton Rocha (PDT)  a disputa pode contar ainda  com os pemedebistas  João Alberto e Lobão tentando renovar os mandatos,  Gastão Vieira (PROS) derrotado por Roberto Rocha em 2014; o ex-prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira,  e seu colega de partido Carlos Brandão (PSDB),  o  ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB),  o presidente da Assembleia Legislativa Humberto Coutinho (PDT) o espalhafatoso Waldir Maranhão (PR)  e ainda o “pai da ficha limpa”  o hoje advogado nacional da Rede,  Marlon Reis (Rede)  que também é uma opção do partido para  disputar Governo do Estado e dessa forma  garantir o palanque de Marina, no Maranhão.


Com a antecipação de 2018 já é intensa a movimentação dentro dos principais partidos do Maranhão.  Nesse quesito o PC do B saiu na frente: tratou logo de lançar a reeleição de Flávio Dino e deixar logo bem claro  quem sãos as figuras que estarão na disputa pelas  cadeiras da Assembleia Legislativa,  da Câmara dos Deputados com as bençãos dos leões.