6/12/2017

Novo bispo de Imperatriz assume diocese, se emociona e pede orações


Personalidades de todas as linhas de pensamento e o povo católico ocuparam todos os assentos da Catedral de Fátima, na manhã deste sábado, na celebração eucarística de boas vindas e posse do novo bispo da Diocese de Imperatriz , Dom Vilsom Basso.

Entre as presenças notadas a do líder das Assembléias de Deus pastor Raul Cavalcante , do prefeito Assis Ramos, do juízes de direito Adolfo Pires e Marco Antônio, dos vereadores José Carlos, e Carlos Hermes; da secretária do desenvolvimento social, Fatima Avelino, do deputado estadual Marco Aurélio, e dos representantes das Forças Armadas e Polícia Militar.
Uma grande caravana de Caxias (MA) comandada pelo prefeito Fábio Gentil, prestigiou a cerimônia. Caxias foi a cidade onde Dom Vilsom iniciou seu espiscopado

Uma cerimônia litúrgica prestigiada e marcada pela emoção -“Rezem por mim uma Ave Maria todos os dias”, foi o pedido do novo Bispo de Imperatriz Dom Vilsom Basso na primeira homilia dele na Catedral de Fátima na manhã deste sábado, 10, momentos depois de assumir a missão.

Na missa, os atos de leitura do decreto da nunciatura com a decisão do Papa Francisco de transferi-lo da Diocese de Caxias para Imperatriz, e o recebimento do Báculo, (cajado símbolo da missão de pastor) marcaram a posse do novo bispo e o fim do período em que o padre Francisco Lima foi o administrador diocesano.

Em sua homilia Dom Vilsom agradeceu ao padre Francisco Lima a dedicação e o zelo, qualidades com as quais cuidou da igreja de Imperatriz.
Emocionado, saudou às cerca de 300 pessoas que vieram de Caxias para participarem da celebração. Com faixas e cartazes os fiéis agradeceram todo o esforço do bispo na sua antiga diocese.

-“Recomendo a vocês que passem óleo de cascavel nas canelas”- disse de forma bem humorada Kátia Alves, que fez um pronunciamento representando a caravana de Caxias em Imperatriz. A expressão segundo ela, era sempre usada por Dom Vilsom quando falava da necessidade de se romper as barreiras, sair das quatro paredes e assumir a missão de anunciar a palavra.

Sem um discurso pré-elaborado o prefeito de Caxias Fábio Gentil disse que iria deixar o coração falar, e chorou durante quase toda sua saudação a Dom Vilsom. O agradeceu como católico, e o como prefeito reconheceu o empenho do bispo na edificação da igreja na região dos Cocais Maranhense.

Assis Ramos saudou o novo bispo e também pediu orações, “O senhor pediu uma Ave Maria todos os dias, eu também peço que rezem por mim. Assim como a sua, Dom Vilsom, a minha missão também é árdua”, disse o prefeito de Imperatriz, se colocando à disposição da igreja. Assis Ramos é católico e devoto de São Francisco de Assis.

O deputado Estadual professor Marco Aurélio representou o governador Flávio Dino na celebração. Os vereadores Carlos Hermes e o presidente da Câmara José Carlos Soares também participaram. A celebração contou ainda com a presença de representantes da Marinha, Exército, Policia Militar e do Judiciário.

.Sete bispos se juntaram a Dom Vilsom no altar e concelebraram com ele. Também estavam no altar os padres da diocese de Imperatriz e vários padres da diocese de Caxias.
Gaúcho de 57 anos, Dom Vilsom chorou várias vezes durante a missa. As manifestações de apoio e carinho dos fiéis, da família e dos padres tocaram o coração do homem que agora abre om coração ao povo de Imperatriz.

Na quinta-feira, 15, Dom Vilsom preside a solenidade de Corpus Christi no estádio Frei Epifânio e já tem uma agenda de visitas às paróquias da diocese.

Com informações de Josafá Ramalho

Pascom/Asssessoria de Imprensa