7/04/2017

Lançada nova seleção para o Curso Técnico em Agronegócio do Senar


Continuam abertas até o dia 20 deste mês, as inscrições para o Curso Técnico em Agronegócio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Os interessados podem acessar a página: http://etec.senar.org.br/ e se inscrever nos polos de Imperatriz, Pastos Bons ou Barão de Grajaú. As provas terão início nesta quarta (5) e seguem até o dia 21 de julho.

Curso Técnico em Agronegócio é certificado pelo Ministério da Educação (MEC) e reconhecido pelos Conselhos Regionais de Engenharia (Creas). Lançada em 2015, a Rede  e-Tec Brasil no SENAR, já formou, com sucesso, suas primeiras turmas envolvendo agora mais de 8  mil alunos. O Senar conta atualmente com um total de 99 unidades na sua Rede e-Tec,  espalhadas por 24 estados do país.  Nesta sexta seleção, são oferecidas 2 mil novas vagas. 

“O Senar leva ao seu  público uma formação de  maior complexidade, que é o ensino técnico de nível médio, onde a prática agregada a conhecimentos teóricos possibilitam ao aluno consolidar novas capacidades técnicas e de gestão  para atuar na melhoria do processo produtivo no setor agropecuário. É um momento singular para o Senar como instituição que atua há 25 anos na formação profissional do homem do campo” – avalia a coordenadora de Educação Formal, Maria Cristina Ferreira.

Pastos Bons

Grande percentual do curso (cerca de 80%)  é a distância, com as aulas disponibilizadas no portal da rede, por um período de dois anos. Mas o aluno precisa reservar  espaço na agenda para 20% de aulas presenciais, realizadas nas sedes dos Polos, em visitas técnicas em propriedades rurais e agroindústrias. 

Jaciara da Silva Santos é graduada em Química, mas foi com o Agronegócio que se identificou. Ela é matriculada na primeira turma do município de Pastos Bons, desde março e assegura que apostar no segmento, foi uma das melhores decisões de sua vida.

“Sou filha de produtor rural e desde que frequento o curso, passei a valorizar o trabalho do meu pai, pois vislumbro oportunidades de investir nas terras da família e em toda a sua produção”, ressaltou ela, destacando a identificação  com o setor do agronegócio, e a iniciativa do Senar em preparar técnicos para atuar no mercado maranhense, antes carente desse tipo de profissional.

O que faz um Técnico em Agronegócio

O principal desafio do Técnico em Agronegócio é aumentar a eficiência do mercado agrícola e industrial. Por meio de técnicas de gestão e de comercialização, esse profissional atua na execução de procedimentos para planejar e auxiliar na organização e controle das atividades de gestão dos negócios rurais.

Diferente do técnico agrícola que trabalha focado diretamente na produção, o técnico em agronegócio é voltado à gestão das empresas agrícolas. Mas, sua atuação não se limita apenas aos processos internos de uma fazenda, pode trabalhar em empresas comerciais, estabelecimentos agroindustriais, serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, revendas, consultorias e em empresas de fomento.

Além de identificar os segmentos das cadeias produtivas do setor agropecuário e avaliar os custos de produção e aspectos econômicos para a comercialização de novos produtos e serviços, esse especialista pode idealizar ações de marketing, aplicadas ao agronegócio. Esse profissional também é responsável por executar ações sociais e ambientais visando à sustentabilidade dos negócios rurais.
Descrição: https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif